Epidemiological survey of oral lesions diagnosed at a stomatology service

  • Etienny da Silva Arruda Programa de Pós-Graduação em Odontologia, Faculdade de Odontologia, Universidade Federal do Amazonas. Manaos,Brasil.
  • Gesom Avohai Dias Sombra Programa de Pós-Graduação em Cirurgia, Faculdade de Medicina, Universidade Federal do Amazonas. Manaos,Brasil.
  • Juliana Vianna Pereira Faculdade de Odontologia, Universidade Federal do Amazonas. Manaos,Brasil.
  • José Eduardo Gomes Domingues Faculdade de Odontologia, Universidade Federal do Amazonas. Manaos,Brasil.
  • Tânia Cristina Chicre Alcântara Faculdade de Odontologia, Universidade Federal do Amazonas. Manaos,Brasil.
  • Nikeila Chacon de Oliveira Conde Faculdade de Odontologia, Universidade Federal do Amazonas. Manaos,Brasil.

Resumen

Objetivo: Determinar a prevalência de alterações de mucosa e lesões bucais diagnosticadas na Faculdade de Odontologia da Universidade Federal do Amazonas, Manaus - Brasil. Materiais e métodos: Estudo transversal, descritivo e retrospectivo, que analisou os prontuários de pacientes maiores de 18 anos atendidos entre 2010 e Foram coletados dados relacionados a presença de alterações de tecido mole, com ênfase em lesões de coloração branca, além de variáveis como idade, sexo, uso de medicações, doenças sistêmicas e hábitos deletérios. Os dados foram submetidos a análise descritiva e apresentados através de médias e desvio padrão por meio de tabelas. Resultados: Foram incluídos 82 prontuários, com prevalência do sexo feminino (60,98%) e média de idade de 43,3 anos. Foram encontradas 307 alterações de mucosa bucal, e dentre estas 27,69% consistiam em lesões de coloração branca. Grânulos de Fordyce (35,37%), linha alba (15,85%) e hiperqueratose focal (9,76%) foram as alterações de coloração branca mais relatadas. Dentre as lesões com potencial de malignização, líquen plano, leucoplasia e queilite actínica estiveram presentes em menos de 5% dos achados, correspondendo a 2,6% das alterações brancas encontradas. Conclusão: Os pacientes atendidos neste serviço de estomatologia possuíram alta prevalência de alterações em mucosa bucal, dentre elas, lesões de coloração branca. Certificado de Apreciação Ética nº 38861314.3.0000.5020.

Publicado
2021-10-18
Cómo citar
1.
Arruda E da S, Sombra GAD, Pereira JV, Domingues JEG, Alcântara TCC, Conde NC de O. Epidemiological survey of oral lesions diagnosed at a stomatology service. Revista Estomatológica Herediana [Internet]. 18oct.2021 [citado 26nov.2021];31(3):156-62. Available from: https://revistas.upch.edu.pe/index.php/REH/article/view/4044
Sección
ARTICULOS ORIGINALES